Você sabe o que significa resiliência financeira?

 

Confira todas as dicas essenciais para adquirir resiliência financeira e salvar sua empresa

A resiliência financeira pode ser determinante para enfrentar possíveis riscos com alguma segurança

Em muitos casos, as estratégias adotadas, nas quais as pessoas dependem de aporte financeiro depois de um evento na vida, não estão funcionando adequadamente para evitar dívidas problemáticas.

Quanto maior o número de estratégias de enfrentamento que as pessoas usam, maior a probabilidade de terem dívidas problemáticas, e é por isso que precisamos falar sobre resiliência financeira.

Acidentes de trânsito ou domésticos e coisas do gênero são situações que imediatamente vêm à mente quando as pessoas pensam no que pode dar errado. 

A maioria das pessoas está menos inclinada a pensar sobre doenças e mudanças nas condições econômicas.

Mas tudo isso precisa ser pensado, por isso é muito importante ter um conhecimento prévio sobre a resiliência financeira.

O que é Resiliência Financeira?

Resiliência financeira é a capacidade de suportar e se recuperar de interrupções e dificuldades financeiras temporárias. 

Em vez de uma resposta reacionária a uma necessidade aguda, a resiliência financeira é um processo de longo prazo, contínuo e sustentável que pode ser nutrido e planejado.

O que visa a resiliência financeira?

O objetivo de uma estratégia liderada pela resiliência financeira é se fortalecer financeiramente por muito tempo, cultivando hábitos de poupança, redução de dívidas e gestão de dinheiro inteligente, os clientes financeiramente resilientes serão capazes de suportar o futuro incerto de grandes eventos mundiais que podem impactar o sistema financeiro global.

A resiliência é importante agora porque permite que clientes e bancos planejem desacelerações e usem esse planejamento para melhor administrar-se financeiramente durante tempos turbulentos. 

De olho na resiliência financeira

Essa nova tendência de resiliência financeira está alavancando produtos e serviços que promovem o bem-estar financeiro dos seus clientes, sua aplicabilidade possibilita pagar dívidas, ter amplos fundos de emergência, faculdade e aposentadoria e ainda se sentir bem sobre sua saúde financeira. 

O objetivo de construir resiliência financeira é, portanto, imperativo para todos os tipos de negócio. Os clientes estarão bem posicionados para a próxima desaceleração, com maior economia, menos dívidas e melhor gestão de dinheiro. As empresas terão menos inadimplência, maior fidelidade do cliente e maior participação na carteira, engajamento – e até mesmo maior receita.

Quais os pilares da Resiliência Financeira?

  1. Forte gestão de fluxo de caixa: Um plano de gastos simples, mas bem pensado, junto com um plano de poupança que permite alocar o fluxo de caixa no futuro entre os vários estágios de sua vida futura.
  2. Reservas de emergência: Às vezes, pode surgir um imprevisto na casa ou você pode necessitar de dinheiro para comprar uma passagem aérea ou consertar o carro quebrado.
  3. Gestão sólida da dívida: A maioria das pessoas sabe que dívidas em excesso podem ser um problema. A questão é: quanto é demais? Novamente, isso varia de uma pessoa para outra, de uma família para outra.
  4. Gerenciando o evento de saúde inesperado e sério: A maioria das pessoas acredita que isso só acontece com outras pessoas. No entanto, as estatísticas mostram que, ao longo de sua vida profissional, uma em cada três pessoas enfrenta um problema de saúde sério. Para alguns, é possível sobreviver. Para outros, não. De qualquer maneira, as consequências podem ser terríveis.

Sendo assim, se você quer saber com quem contar, não hesite em nos contatar!

Fonte: Abrir Empresa Simples

Deixe uma resposta